Principais conceitos associados ao Mobile Marketing

A seguir você confere alguns termos e seus conceitos, que são associados ao mobile marketing.

Bluetooth: é uma especificação industrial para áreas de redes pessoais sem fio (Wireless Personal Area Networks – PANs). O bluetooth oferece uma maneira de conectar e trocar informações entre dispositivos, como os telefones celulares, os notebooks, os computadores, as impressoras, as câmeras digitais e os consoles de video games digitais, através de uma frequência de rádio de curto alcance globalmente não licenciada e segura. O Bluetooth Special Interest Group foi quem desenvolveu e licenciou as especificações do bluetooth.

GPS: popularmente conhecido por GPS (acrônimo do original inglês Global Positioning System, ou do português “geoposicionamento por satélite”), é um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho receptor móvel a posição do mesmo, assim como informação horária, sob todas quaisquer condições atmosféricas, a qualquer momento e em qualquer lugar na Terra, desde que o receptor esteja no campo de visão de quatro satélites GPS.

RFID: uma etiqueta ou tag RFID é um transpondedor, pequeno objeto que pode ser colocado em uma pessoa, um animal, um equipamento, uma embalagem ou um produto, entre outros. Contém chips de silício e antenas que lhe permite replicar os sinais de rádio enviados por uma base transmissora. Além das etiquetas passivas, que respondem ao sinal enviado pela base transmissora, existem ainda as etiquetas “semipassivas” e as ativas, que possuem bateria, que lhes permite emitir o próprio sinal, porém são bem mais caras do que as etiquetas passivas.

SEO: ou Search Engine Optimization, é o processo de tornar os sites mais amigáveis para os sites de busca, trabalhando palavras-chave escolhidas para aparecerem melhor posicionadas nos resultados de buscas feitas pelos internautas.

App: é a abreviatura de application, ou seja, aplicação, que é instalada em um smartphone. A função das apps é facilitar a vida dos utilizadores, proporcionando-lhes um acesso direto a serviços de notícias, informação meteorológica, jogos, serviços de mapas, com geolocalização através de GPS ou utilitários dos mais variados tipos de finalidades (GUERREIRO, 2010).

Smartphone: ou telefone inteligente, em uma tradução livre do inglês, é um telemóvel com funcionalidades avançadas que podem ser potencializadas através de programas executados por seu sistema operacional. Os sistemas operacionais dos smartphones são “abertos” (não confundir com código-fonte aberto), o que significa que qualquer pessoa pode desenvolver programas para funcionarem nesses telefones. Geralmente, um smartphone possui características mínimas de hardware e software, sendo as principais a capacidade de conexão com redes de dados para acesso à internet, a capacidade de sincronização dos dados do organizador com um computador pessoal, e uma agenda de contatos que pode utilizar toda a memória disponível do celular – não é limitada a um número fixo de contatos. Um smartphone pode ser considerado um telefone celular com as funcionalidades de um PDA.

PDA: um PDA (Personal Digital Assistant) é um computador que “cabe na mão”. Esses pequenos computadores são chamados palmtops e são uma ótima maneira de arquivar números de telefone, endereços de e-mail, de acessar a internet, fazer cálculos, manter um calendário digital e jogar.

Vejo o vídeo abaixo e conheça um case de aplicação do móbile marketing para o setor imobiliário.

Conheça melhor o Mobile Marketing. Aprenda também as tendências do Mobile Marketing. Para complementar seus estudos, leia alguns cases de sucesso do Mobile Marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>