Custo permissível por produto ou por pedido. Accountability Marketing

Outra maneira de seguir com os cálculos para as métricas de marketing é o Custo permissível por produto ou por pedido.

Existe uma quantia que cada empresa esta disposta ou pode gastar com cada
cliente com a finalidade de promover um produto ou um serviço, é o que é
denominado (CUSTO PERMISSÍVEL POR PEDIDO, OU PRODUTO. Esse
valor pode ser determinado por meio de um cálculo baseado em uma
combinação da receita que a empresa deseja receber para cada unidade do
produto que vendeu multiplicada pelo número de unidades que a empresa
espera vender menos todos os custos de produção e distribuição do produto.

Indicada pela seguinte fórmula:

CPPP= Receita Total – Todas as despesas incluindo lucro

A fórmula pode ser aplicada a uma venda única ou a vendas múltiplas, a uma
assinatura de revista, a um clube ou a qualquer sequência de vendas para
consumidores ou empresas, há estudos apontando que o lucro da GM (General
Motors) foi de apenas 350 dólares proporcionando uma margem de lucro
reduzida de 1% a 2%. Com custos de produção cada vez menores, o único
modo para as empresas automobilísticas aumentarem suas margens consiste
em diminuírem seus custos de marketing e garantia (ROSENWALD, 2005).
Talvez seja por isso que em alguns países há incentivos governamentais para
redução de impostos como foi o caso da redução do IPI (imposto sobre
produtos industrializados) no Brasil.
Seguindo a mesma lógica de mensuração é possível ainda utilizar o LTV –
Lifetime Value que é o valor de um cliente medido em função dos proveitos por
ele gerados ao longo do seu relacionamento com a empresa, este período ao
qual é chamado de valor vitalício (valor de tempo de vida de consumo de um
cliente).
CPPP= Receita Total – Todas as despesas incluindo lucro
Valor Real ou Vitalício (LTV-Lifetime Value) – Pode ser alcançado por meio do
lucro obtido, se o cliente continuasse comprando por determinado período de
tempo.
Por exemplo, se uma empresa atua no ramo de confecção infantil será
prudente que ela acompanhe a evolução cronológica da idade de seus clientes,
logo terá também que mudar um pouco o foco de seu negócio, vindo a atender
adolescentes e posteriormente adultos.

Você pode gostar também de ler...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *