Histograma: O que é? Quando usar? Como fazer um histograma?

Histograma são gráficos de barras que mostram a variação sobre uma faixa específica.

O histograma foi desenvolvido por Guerry em 1833 para descrever sua análise de dados sobre crime. Desde então, os histogramas tem sido aplicados para descrever os dados nas mais diversas áreas.

É uma ferramenta que nos possibilita conhecer as características de um processo ou um lote de produto permitindo uma visão geral da variação de um conjunto de dados.

A maneira como esses dados se distribuem contribui de uma forma decisiva na identificação dos dados. Eles descrevem a freqüência com que variam os processos e a forma de distribuição dos dados como um todo.

Quando usar o Histograma

São várias as aplicações dos histogramas, tais como:

  • Verificar o número de produto não-conforme.
  • Determinar a dispersão dos valores de medidas em peças.
  • Em processos que necessitam ações corretivas.
  • Para encontrar e mostrar através de gráf ico o número de unidade por cada categoria.

Pré-requisitos para construir um Histograma

  • Coleta de dados
  • Calcular os parâmetros: amplitude “R” , classe “K” , freqüência de cada classe, média e desvio padrão.

Como fazer um Histograma

  • Coletar os dados com número maior de trinta.
  • Determinar a amplitude “R”: R= maior valor – menor valor
  • Determinar a classe “K” . Escolha o número da classe usando o bom senso. k≈√n ou O que é Histograma? Quando usar? Como fazer um histograma?
  • Determinar o intervalo da classe “H”. H = R /k. R = Amplitude (maior valor – menor valor).
  • Determinar o limite da classe. O maior e o menor valor levantado na coleta de dados da amostra.
  • Determinar a média de cada classe: soma do l imite superior + inferior dividido.
  • Determinar a freqüência de cada classe. Fr = ( F / n ) x 100
  • Construir o gráfico, no eixo vertical à altura da classe com a freqüência calculada e no eixo horizontal o intervalo de cada classe. Histograma

Vantagens do Histograma

  • Visão rápida de análise comparativa de uma seqüência de dados históricos;
  • Rápido de elaborar, tanto manual como com o uso de um software (Por exemplo, o Excel, da Microsoft);
  • Facilita a solução de problemas, principalmente quando se identifica numa série história a evolução e a tendência de um determinado processo.

Desvantagens do Histograma

  • Fica ilegível quando se necessita a comparação de muitas sequências ao mesmo tempo;
  • Quanto maior o tamanho de (n) maior o custo de amostragem e teste;
  • Para um grupo de informações é necessário a confecção de vários gráf icos a fim de que se consiga uma melhor compreensão dos dados contidos no histograma;

Relação do Histograma com outras ferramentas

Folha de verificação: para anotar os dados confirmando a variabilidade do processo.
Digrama de causa efeito: já descrito no item anterior
Diagrama de Pareto: já descrito no item anterior

Este artigo é baseado em 7 Ferramentas da Qualidade do site Wikipedia.

Você pode gostar também de ler...