O que é Branding? Marketing eletrônico e digital

Branding, do inglês, ou marca, pode ser definido como atributos tangíveis (como o valor da marca) e intangíveis (como as percepções dos consumidores), expressos através de um logotipo que simboliza a identidade do negócio ou produto.

Segundo Kotler e Fox (1998), marca é: “nome, termo, signo ou símbolo, ou uma combinação destes, que tem a função de identificar os bens ou serviços de um vendedor ou grupo de vendedores e de diferenciá-los dos concorrentes”.

Estude mais sobre Branding aqui.

Um projeto de marca deve envolver muita pesquisa, experiência em design e estratégia, para a sua criação. Deve simbolizar e emitir a identidade, ou mesmo a personalidade, que se quer transmitir ao mercado.
Deve-se entender a exata diferenciação entre logotipo e marca, desde a sua concepção até os aspectos ligados à comunicação. É nesse ponto que se destaca a importância da gestão de marcas.

De acordo com a Global Brands (<www.globalbrands.com.br>.),

branding é o conjunto de ações ligadas à administração de marcas. São ações que, tomadas com conhecimento e competência, levam as marcas além da sua natureza meramente financeira, passando a fazer parte da cultura e influenciando a vida das pessoas. Essas “ações” se relacionam a símbolos que têm a capacidade de simplificar e enriquecer as nossas vidas, num mundo cada vez mais confuso e complexo.

O grande objetivo do branding para as empresas é fazer com que suas marcas entrem ou permaneçam no cenário daquelas que venceram o disputado jogo do mercado.

De acordo com a Top Brands, empresa de consultoria e gestão de marcas, o passo a passo de uma marca de sucesso baseia-se nos aspectos a seguir.

1. Definir a missão da marca: significa posicioná-la no mercado, identificando o seu público-alvo e diferenciais perante a concorrência.

2. Entender o relacionamento com o cliente: significa conhecer o cliente e entender que toda a ação de comunicação deve ser bem planejada, atentando às percepções do público-alvo.

3. Envolver toda a empresa com a marca: a gestão e o posicionamento da marca não é tarefa apenas do marketing de uma empresa. Todos os colaboradores devem reconhecê-la, incorporá-la e através dela valorizar o relacionamento com o cliente.

4. Ter visão de médio e longo prazo: significa que uma marca deve ser construída através de uma visão de longo prazo, de forma planejada e estruturada. Acelerar esse processo pode romper a premissa de que uma marca agrega valor com o passar do tempo, em função das ações estratégicas realizadas pela empresa.

5. Trabalhar com parcerias: a associação de uma marca a outras, no modelo de parceria, agrega valor ao negócio ou produto e facilita o processo da sua construção. Por exemplo, um fabricante de celulares pode se associar a um fabricante de aplicativos/sistemas para entregar ao mercado um produto final diferenciado e de maior valor agregado.

Segundo a Associação Brasileira de Anunciantes

Branding designa o conjunto de atividades de investigação, estratégia, criação, design e gestão de marca para coordenar suas expressões, otimizar suas relações com as partes interessadas (stakeholders), visando aumentar sua eficácia e seus valores econômico e simbólico. O branding inclui as seguintes atividades: a) estratégia de marcas; b) pesquisas e auditorias de marcas; c) identidade verbal ou naming (criação e definição de nomes e sistemas de nomenclatura); d) design da identidade visual e ambiental; e) comunicação da marca; f) gestão da marca; g) valoração da marca.

Você pode gostar também de ler...